20 anos de Angels Cry

angra20

Orgulho nacional, o Angra figura entre as grandes bandas brasileiras de projeção e sucesso  no cenário internacional. Angels Cry, primeiro disco da banda, gravado na Alemanha, contava com André Matos (vocalista e tecladista), Kiko Loureiro (guitarra), Rafael Bittencourt (guitarra), Luis Mariutti (baixo) e Alex Holzwarth (bateria e atual Rhapsody of Fire), que gravou o disco no lugar de Marco Antunes, que sairia da banda logo depois, para a entrada definitiva de Ricardo Confessori.

angra8

A banda surgiu entre amigos de faculdade, entretanto Rafael Bittencourt, desde o início, já tinha em mente o conceito da banda, de misturar Heavy Metal, Música Clássica e Música Brasileira. ” A ideia era essa desde o início”, disse em entrevista à revista Rodie Crew.

angra16

O disco é um clássico entre o gênero, considerado até hoje um sucesso absoluto,  é cheio de clássicos da banda (Carry On, Time, Angels Cry, Evil Warning, dentre outros); foi, sem dúvida, uma grande influência para uma infinidade de bandas surgidas logo depois. Angels Cry mistura o peso do Heavy Metal com a elementos da música clássica e pitadas de ritmos da música brasileira, como pode ser conferida na faixa Never Understand, que é acrecida e enriquecida com o baião;

angra10

Destaque para a faixa Wuthering Heights, cover da cantora Kate Bush, que deixa bem visível toda a técnica e profissionalismo de André Matos.

angra14

 Essa mistura trouxe à banda uma sonoridade bem característica e pessoal, que seria levada a diante em futuros lançamentos.  O sucesso foi um reflexo da qualidade das músicas, letras, técnica, produção, etc. uma soma disso tudo e algo mais (criatividade, talento, sincronia entre os integrantes…) que só os caras souberam fazer.

angra15

Em comemoração aos vinte anos de estreia do disco, André Matos, com sua banda solo, sairá em turnê para divulgar seu novo disco The Turn of the Lights, e tocará Angels Cry na integra. Já o Angra também sairá em turnê comemorativa contando com a presença de Fabio Lione (Vision Divine, Rhapsody of Fire, Labyrinth), cujas apresentações nos festivais 70.000 Tons of Metal e Live N’ Louder, mostraram o  bom entrosamento do vocalista com a banda e com os fãs.

angra17

%d blogueiros gostam disto: