Entre o Velho e o Novo Mundo: Rock inglês vs Rock americano

 Por Marcella Matos

Assunto que ainda dá o que falar é a igual rivalidade (em quesito rock’n’roll) entre ambos os países. A trama não é tão simples: Tanto os Estados Unidos como a Inglaterra dispõem de singularidades culturais que foram essenciais para o desenrolar dos fatos que acarretam na constante mutação do rock. Ambos compactuaram para o processo evolutivo da música. Desde então a popularidade do estilo rompeu as barreiras físicas dos dois países, se ‘espalhando’ para os quatros cantos do globo… Iremos discutir os eventos que levaram ao advento (e diferenças) do estilo nos países em questão. Reuniremos os pontos fortes de cada um, lembrando que ambos contribuíram a seu modo para a configuração atual do rock. Tal como uma Revolução Sonora, o estilo impactou socialmente uma geração; não se limitou a gênero musical apenas, mas foi muito além: Influenciou estilos, atitudes, linguagem e modos de vida.

Evidência N°1

ESTADOS UNIDOS: 

Ponto Forte: Rock como prisma da realidade.

Foi o berço do Rock, quando estilos como o Blues e o Rhythm and Blues foram fundidos com o country.  Lembrando que estamos falando do final dos anos 40 e início dos anos 50, período de extrema aspereza racial no território norte-americano (com leis que reconheciam a segregação de escolas e instalações públicas, por exemplo) em que sonoridades como Blues, jazz, R&B e o soul eram tidas sob a alcunha de música negra (este termo era designado pela indústria fonográfica), pois tiveram influência sonora da cultura africana. Enquanto o country era um estilo mais tradicional, e se desassociava dos demais estilos citados. 

ChuckAndMick

Influência e Influenciado: Chuck Berry e Mick Jagger

“O ‘rhythm and blues’ é a vertente negra do Rock. É ali que vamos buscar, quase que exclusivamente (e só digo quase por espírito científico), as origens corpóreas do Rock. Reprimidos pela sociedade ‘wasp (white, anglo-saxon and protestant)’, a mão-de-obra negra, desde os tempos da escravidão, se refugiava na música (os blues) e na dança para dar vazão, pelo corpo, ao protesto que as vias convencionais não permitiam”. (trecho do livro O que é o rock, de Paulo Pan Chacon)

Acrescenta-se a essa combinação de estilos a guitarra elétrica, símbolo inato do Rock. Os vocais do novo estilo tinham por inspiração a música gospel. Observe que mistura: Um ritmo/batida acelerada de Blues e Country, vocal gospel e acompanhamento do piano e saxofone… Deu origem a uma sonoridade enérgica, contestatória, dançante e original.  Nas palavras do radialista/locutor Alan Freed: “Rock and roll é um rio musical que tem absorvido muitos riachos”.

As primeiras gravações com uma ‘sutil’ sonoridade a la Rock foram de músicos negros, como a banda Sister Rosetta Tharpe,  Goree CarterJimmy Preston, Jackie Brenston and his Delta Cats dentre outros. Por motivos claramente raciais, o ritmo foi popularizado por Elvis Presley (com intuito de se atingir o público branco e jovem da época). Uma figura importante para o período de popularização do rock foi o já citado locutor Alan Freed, pois além de difundir o termo “Rock and Roll” (ele que batizou), Freed atraiu jovens brancos para uma música feita por negros: O programa dele foi o primeiro a ter um auditório composto por pessoas negras e brancas; ‘superando’ (no primeiro embate) as diferenças raciais. A música uniu (dentro do possível) os jovens daquela época… Foi uma irrefutável demonstração da influência negra sobre a sociedade branca; o próprio Elvis manifestava em seus trejeitos, seja pela forma de cantar ou dançar, um ‘gingado’ e desenvoltura até então visto somente em artistas negros.

Elvis-Presley-Pictures

A música americana dessa época ainda não continha uma temática referente à preocupações sociais. Sua dança era considerada de extrema agressividade e sensualidade. Uma vez ‘criado’, artistas das duas vertentes (Rockabilly e tradição R&B negra), por assim dizer, propagaram o estilo: Elvis Presley, Carl Perkins, Jerry Lee Lewis e Bill Haley  representam o Rockabilly, subgênero que apresenta forte influência Country; enquanto nomes como Chuck Berry, Little Richard e Fats Domino representam a outra vertente.

CONSIDERAÇÕES FINAIS NORTE-AMERICANA:

  • Terreno fértil para o surgimento do estilo: Raízes africanas que contribuíram para a gênese de estilos musicais como  jazz, blues, rhythm and blues (R&B), soul que posteriormente estariam ligadas a origem do Rock.

 

  •  Gênero musical que rompia com a barreira racial, pois combinava elementos da “música branca e negra”,  provocando fortes reações por parte da sociedade conservadora, racista e segregacionista que tachava o novo ritmo jovem como imoral, subversivo e libertino.

 

  •  Importantes artistas que contribuíram para a popularização do gênero: Elvis Presley, Chuck Berry, Little Richard,  Bill Haley & His Comets que influenciariam inúmeras bandas a partir daquela momento

 

  • O Rock tornou-se um sucesso repentino e visceral no território dos Estados Unidos, repercutindo no outro lado do Oceano Atlântico,  culminando com a explosão de bandas inglesas que se inspiravam na sonoridade dos ídolos norte-americanos, como os The Shadows e Cliff Richards. Mas o acontecimento mais significativo (e que mudaria as bases do rock para sempre) estariam por vir. The Beatles e Rolling Stones são grandes exemplos da chamada “Invasão Britânica”: Uma gama de artistas que se tornaram populares nos EUA, causando um impacto significante; a música inglesa mudaria completamente o cenário norte-americano daquela época. “I Want To Hold Your Hand”, canção dos Beatles, foi um ataque sonoro que inquietou a audiência.

 

  • Os representantes norte-americanos consolidaram e popularizaram o recém- criado gênero musical.

 

  • O Punk despontou dos subúrbios de Nova York para a realidade dura dos jovens de Londres; fruto de uma juventude em constante questionamento que rompe com o conservadorismo e luta em meio a crise econômica que desencadeou o desemprego e aumentou as péssimas condições de vida da classe operária.

 

  • ‘Personas’ que representam o gênero: Elvis Presley sintetiza a alcunha de Rei do Rock; Jimi Hendrix deu início ao psicodelismo e virtuosismo no rock, seja nas suas composições ou durante as apresentações, características que sintetizariam bem o gênero; Bob Dylan se tornou o porta-voz da juventude; lutava pela liberdade e contra o preconceito racial. Suas letras eram carregadas de poesia moderna e crítica social; Dylan inaugurou um momento novo para a música: Preocupação com a poesia/mensagens das letras.
2-bob-dylan-hair

Dylan influenciou diretamente grandes nomes do rock americano e britânico dos anos de 1960 e 1970

ramones_chainfence_--robertabayley

Ramones foram os pioneiros do estilo Punk, vertente que surgiu do Rock;  o quarteto consolidou a base deste estilo musical

v
 INGLATERRA:
Ponto Forte: Poder de transformação e condição de assumir múltiplas formas, vertentes e manifestações

Os Ingleses beberam da fonte americana, mas não fora apenas mera reprodução: O contexto social e econômico contribuíram para que os jovens ingleses abraçassem o rock (principalmente a classe trabalhadora) ao mesmo tempo que influenciou determinadas características do gênero, cujo resultado foi uma música com uma sonoridade própria. 

the_who_band-CROPPED-e1441075703731

A performance do The Who  nos palcos (e o ‘ritual’ de destruir instrumentos) é uma daquelas imagens que já se tornaram icônicas na história do Rock.

O rock inglês foi influenciado pelo Jazz tradicional, Blues e Country. O Skiffle, gênero musical bastante popular naquela época, era um indício da criatividade dos jovens ingleses, e contribuiria para a ‘releitura’ que fariam do rock ‘tradicional’ americano. A primeira experiência musical de John Lennon e Jimmy Page foram justamente à frente de bandas de Skiffle.

355656845

The Beatles: A música nunca mais seria a mesma depois deles

De influenciados a influência: Bandas como Beatles, Rolling Stones, The Who, The Kinks, The Dave Clark Five, The Hollies se tornariam referência para a nova   geração de jovens, catalizaram o aparecimento de novas bandas, que por sua vez adquiriam novas características… O exemplo disto é o nascimento de bandas com uma sonoridade mais pesada, como Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath que são peças fundamentais para a evolução do rock inglês: Foram  pioneiras no cenário musical e pilares essenciais para o surgimento e o desenvolvimento do Heavy Metal.

pinkfloyd

Pink Floyd:  Experimentações musicais, álbuns inovadores e shows super elaborados

1967-48 The Rolling Stones

Rolling Stones: Beberam da fonte do Blues ao mesmo tempo em que tiveram papel importante nas mudanças comportamentais dos anos 60

formidablemag-yardbirds-5

Os Yardbirds lançaram três dos guitarristas mais influentes daquela época: Eric Clapton, Jeff Beck e Jimmy Page.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS INGLESA:

  • De influenciados a influência: Bandas como Beatles, Rolling Stones, The Who, The Kinks, The Dave Clark Five, The Hollies se tornariam referência para os “novos jovens”,  catalizando  o aparecimento de novas bandas, que por sua vez adquiriam novas características…

 

  • A invasão de bandas inglesas mudou  a configuração musical do mundo inteiro.

 

  • As inovações de músicos ingleses, como Eric Clapton, Jeff Beck e Jimmy Page  (tocaram juntos no Yardbirds) abriram caminhos para o rock psicodélico e progressivo.

  • A Inglaterra foi o palco onde o Rock progressivo brotou e prosperou. Vertente musical importante, cujo papel e lugar no tempo foi crucial para a evolução do Rock, expandindo suas fronteiras musicais. Havia influência da música erudita e uma preocupação com a poesia das letras.

 

  • O  Heavy Metal ganhou ainda mais força na década de 1980, com o surgimento de diversas bandas, oriundas da chamada  “New Wave Of British Heavy Metal” (NWOBHM), movimento que impulsionou o Heavy Metal a patamares inimagináveis. Bandas oriundas desta época marcaram presença e se fixaram para sempre no grande  panteão do Rock: Iron Maiden, Judas Priest, Motohead, Venom, Saxon, Def Leppard, Tygers of Pan Tang, Angel Witch, Diomond Head, etc. Foi um movimento que deixou um legado imensurável na música pesada, pois forneceu as bases possíveis para o aparecimento de um outro subgênero do Metal: O Thrash Metal. Bandas como o Metallica, Kreator, Exodus, Slayer, Sepultura, Megadeth beberam daquela fonte e construíram uma sonoridade que aliava o Heavy Metal tradicional com velocidade, melodia e agressividade.

 

  • Elementos sociais, políticos e econômicos que explicam a singularidade,  alomorfia, produtividade musical e diversidade estilística dos jovens músicos operários Ingleses.

 

  • ‘Personas’ que representam: The Beatles, banda que transformou o modo de  se fazer música (e que nunca mais seria a mesma depois deles), incorporando elementos artísticos inovadores em suas composições, que faziam de seus lançamentos ‘peças raras’ dificilmente ‘ouvidas’ antes; David Bowie, artista genuíno, ultra-inovador e um dos mais influentes músicos de todos os tempos

 

david-bowie-vystava-berlin-0

O impacto de David Bowie para a época foi um dos maiores já criados na cultura popular.

 

 DÊ O SEU VEREDITO:

Anúncios
Deixe um comentário

6 Comentários

  1. Beatriz

     /  20/04/2012

    Eu tenho apenas 14 anos, mas não consigo me decidir, porque eu não abriria mão de nenhum dos dois, são um casamento perfeito, vendo de um modo geral, o inglês é aquela coisa mais rebelde, anarquista do lado dos Sex Pistols e um pouco do amor, e do lado americano é aquela coisa, sexo, drogas e rock n roll, uma coisa mais elétrica

    Responder
  2. Concordo que os americanos são os verdadeiros pais do rock. Mas vendo a lista de bandas inglesas, eu realmente descobri minha preferência. Stones, Zeppelin, Beatles, Pink Floyd, The Animals, Eric Clapton, David Bowie, Animals, Yardbirds, Black Sabbath, Judas, Maiden…São minhas bandas favoritas.

    Responder
  3. Neuza

     /  20/04/2012

    Mesmo não sendo os criadores prefiro o rock inglês.

    Responder
  4. The Smiths!

    Responder
  5. Prefiro mais o rock dos americanos. Pois eles unem vários elementos como estilo de vida com um pouco de rebeldia, dentre outros… O que me agrada bastante. Mas ambos são excelentes. O cenário do rock mundial iria perder muito com a ausência de algum destes.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: