Desplugado: Uma nota sobre o melhor dos acústicos

Uma lembrança positiva de minha infância eram os especiais de final de ano da MTV ( em especial os acústicos), adorava essa época do ano, pois, como estava de férias me deliciava (o dia todo sem minha mãe reclamar – Sei o que Rita Lee passava) ao som do bom e velho rock and roll. Eram acústicos seguidos (e isso era emocionante). 

A MTV é mestre em quesito de acústicos; muitos entraram para história, são de uma emoção indescritível e bateram recordes de vendagem. O primeiro registro em vídeo no qual instrumentos elétricos foram substituídos pelos acústicos foi feito pela NBC em 1968, e trazia como carro chefe o lendário rei do rock, Elvis Presley. Entretanto, os acústicos foram popularizados pela MTV, cuja primeira edição foi protagonizada por Bon Jovi.

 

Uma curiosidade a cerca do acústico MTV (Brasil) é a de que Roberto Carlos depois de muita negociação foi liberado pela Rede Globo, em 2001, para gravar seu acústico MTV, entretanto por problemas contratuais seu DVD foi retirado de circulação no ano seguinte. O acústico de Marcelo Nova (apresentação de 1990 que foi, por sinal, o piloto do programa) e João Bosco foram os únicos não lançados em formato de vídeo.

Afinal de contas é muito bom ver as canções que muitas vezes consagraram esses artistas sob uma nova roupagem. Vamos à lista.

Nirvana:

Lançado após a morte do lendário Kurt Cobain (Kurt morreu em abril de 1994 e o disco foi lançado em novembro do mesmo ano), e cuja versão em DVD só viria a ser lançado em no ano de 2007. 

Nirvana optou – no geral – por covers de artistas menos conhecidos (como Meat Puppets, Leadbelly, The Vaselines) e passou longe de seus grandes sucessos (cantou somente Come as You Are, single do inesquecível Nevermind), batendo, por isso, de frente com a produção da acústico. Segundo Dave Grohl, o Nirvana queria fazer algo diferente: “Nós vimos os outros acústicos e não gostamos muito deles, porque a maioria das bandas queriam tratá-los como shows de rock — tocar seus sucessos como eles eram no Madison Square Garden, com a exceção de violões.”

 

Os ensaios e a pré-produção foram um pouco tensos, tendo Kurt Cobain desistido um dia antes da apresentação. Uma curiosidade foi que o Nirvana gravou seu acústico em uma única tomada, algo diferente, pois outros artistas faziam exatamente o contrário.

 

Uma outra curiosidade, sabe Where Did You Sleep Last Night, aquela música maravilhosa que Kurt canta com tanta emoção e sentimento? Os produtores do programa pediram para que Kurt a repetisse (pois, tinha errado a letra) ele, claro, ficou nervoso e recusou.

 

Kid Abelha:

Foi o acústico MTV mais vendido (2 milhões de cópias). A banda tem uma extensa lista de sucessos, e eles, é claro, não poderiam ficar de fora; foram cantados Lágrimas e Chuva, Grand’ Hotel, dentre muitas outras. Gravado em 2002, contou com a participação de Edgar Scandurra (Ira) e Lenine.

 

 

Korn:

Uma banda de som tão pesado como o Korn também abriu mão das guitarras, amplificadores, etc. Contou com a participação de Amy Lee (do Evanescence), Robert Smith (The Cure) e Chester Bennington (Link Park). Gravado em 2006, cuja plateia contava com 50 sortudos.

Muitos fãs estranharam de início (e alguns continuaram estranhando até o fim) a sonoridade, acostumados, é claro, com um Korn de som forte e potente, mas com certeza foram “fisgados” por faixas como Love Song, Blind e Creep (cover do Radiohead). 

 

 

 

AGORA COM AMY LEE:

 

 

Alice in Chains:

Após um hiato sem apresentações, Alice in Chains participa em 1996 do MTV Unplugged, sendo uma das últimas performances de seu vocalista, Layne Staley, que viria a falecer por conta de uma overdose de heroína e cocaína no ano de 2002.

O Metallica estava na plateia, e recebeu homenagem de Mike Inez, baixista da banda, cujo instrumento estava escrito Friends Don’t Let Friends Get Haircuts (Os membros do Metallica tinham recentemente cortado os cabelos). 

 

Faixas incríveis como Nutshell, Down in a Hole e muitas outras foram executadas. O acústico do Alice in Chains é considerado um dos melhores (muito merecido), juntamente com o do Nirvana e Kiss.

 

 

Legião urbana:

Gravado em 1992 com auxílio de apenas dois violões e percussão; sua simplicidade o torna um os melhores acústicos já feitos pela MTV Brasil. Músicas tocadas no acústico por Renato Russo, Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá foram eternizadas (como Índios), e grandes sucessos não ficaram de fora, como Há Tempos, Faroeste Caboclo, Pais e Filhos… A lista não pára, e ainda houve espaço para músicas novas, como Teatro dos Vampiros e Hoje a Noite Não tem Luar (versão dos Menudos).

 

Entre os covers que a Legião Urbana executou estão Jesus & Mary Chain e Neil Young (Buffalo Springfield). Sucesso de vendas, o acústico MTV Legião Urbana, só na primeira semana vendeu nada menos 700 mil cópias. 

Cover do Jesus & Mary Chain

 

Kiss:

Esse acústico  é o único álbum com a formação original do Kiss em que os integrantes aparecem sem a maquiagem (Peter Criss e Ace Frehley participaram da apresentação).

 

Gravado em 1995 contou com a participação, como disse antes, de dois integrantes originais, somando-se em palco assim 6 membros do Kiss.

 

 

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: